sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

O TEMPO...de Victor Alexandre

O TEMPO PASSA

O TEMPO VAI PASSANDO
OS ANOS SE SUCEDEM
VIDA SEGUE SEU CAMINHO.
E NÓS RINDO OU CHORANDO,
NUNCA PARAMOS, PORÉM,
VELHICE VEM DE MANSINHO.

ESPERANDO  ETERNO AMOR,
LUTAMOS CONTRA O TEMPO
QUE SEMPRE PASSARÁ.
TEMPO LUTA CONTRA O AMOR
SOPRANDO FORTE VENTO.
TEMPO NUNCA SE CANSARÁ.

NO ENTANTO NÓS CANSAMOS
NA CAMINHADA DESTA VIDA.
PERDEMOS O GOSTO DE VIVER.
ESQUECEMOS QUE JÁ AMAMOS
TENDO A FELICIDADE PERDIDA,
NÓS, TEMPO VAMOS PERDER.

O VELHO  TEMPO PASSA.
NÓS TAMBÉM PASSAREMOS
PELO NOSSO CAMINHO ENFIM.
E PARA NOSSA DESGRAÇA
NÓS TEMPO NÃO TEREMOS
DE SER FELIZ  ANTES DO FIM.

 VICTOR ALEXANDRE( meu amigo de todas as horas)






      


domingo, 18 de dezembro de 2011

História do gado

       Voce sabia:

      O gado foi introduzido no Brasil em 1534, na capitania de São Vicente. De lá, partiu para a Bahia- espalhando-se para o Noerdeste e para as reduções jesuíticas na Bacia do Prata. Quando os bandeirantes destruíram algumas dessas reduções, parte do gado se dispersou pelo Uruguai e Rio Grande do Sul.
      Nos séculos XVI e XVII, a pecuaria se desenvolveu principalmente no Nordeste, nas margens do Rio São Francisco e do Parnaiba. A mineração impulsionou a criação de gado para atender a demanda dos garimpos.
       Paulistas capturavam gado gaúcho, e sertanejos traziam reses e carne-seca do Nordeste. Foram criadas estradas ligando o Rio Grande do Sul e o sertão nordestino as zonas mineradoras e o gado se espalhou também para o Centro-Oeste.
      A decadência da mineração levou os proprietários de São Paulo e Minas a investir mais na pecuária. No século XIX, os fazendeiros do Sul e Minas eram os responsáveis pelo abastecimento da capital e das fazendas de café do Vale do Paraíba.

Folha de São Paulo

02/04/2000.


                                                                        

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Menina eu quero te amar ( poema) e Victory - Andre Rieu & BOND

Menina eu quero te amar....

Toda vêz que você,
Aparece em minha tela.
Fico bobo de ver,
Como você é bela !...
O coração fica batendo,
Bem mais forte que o normal.
Fico assistindo,fico vendo,
Num alto estado emocional...
O meu coração quer pular,
Pra fora do meu peito.
E o seu forte saltitar,
Logo surge o efeito...
A pressão vai la pra cima,
O sangue começa esquentar.
E logo inicia um clima,
Menina eu quero te amar...

São José dos Campos - SP
Autor: Odias Pereira ( meu amigo)
10/12/2011


Muito lindo...gostei, Andre Rieu é dez em bom gosto!

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

O pão de Santo Antonio...por Alcilene Rodrigues

      Voce sabia:


      A história do pão de Santo Antonio remonta a um fato curioso que é assim contado: Antonio comovia-se tanto com a pobreza que, certa vez, distribuiu aos pobres todo o pão do convento em que vivia.
      O frade padeiro ficou em apuros quando, na hora da refeição, percebeu que os frades não tinham o que comer: os pães tinham sido roubados. O frade padeiro foi contar ao santo o ocorrido. Este mandou que verificasse melhor o lugar onde os tinha deixado.   
      O irmão padeiro voltou estupefado e alegre: os cestos transbordavam de pão, tanto que foram distribuidos aos frades e aos pobres do convento. O pãozinho de Santo Antonio é, por tradição, colocado pelos fiéis nos sacos de farinha, com a fé de que, assim, nunca lhes faltará o que comer.


                                                                              

sábado, 3 de dezembro de 2011

O Pinheiro - A árvore de Natal ... por padre Sergio Jeremias de Souza

   Voce sabia:

           São  muitas as versões sobre o uso do pinheirinho no Natal. As mais antigas provavelmente datem do século XVI. Segundo alguns historiadores, em 1539 já existia o costume de enfeitar uma árvore de Natal e coloca-lá na igreja de Estraburgo. Em 1671 já se tem noticía desse costume na França. A lenda mais forte é a de que São Vilfrido, pregando aos pagãos da Europa Central, derrubou um carvalho cultuado como divindade em determinada floresta. Milagrosamente, no momento da derrubada, uma tempestade se armou e um raio atingiu o referido carvalho. Ao seu lado restou intacto um pequeno pinheirinho. Aproveitando desse sinal, São Vilfrido passou a pregar na noite de Natal sobre a vitória de Deus-menino contra os deuses pagãos. Jesus é, sem sombra de dúvida, a árvore da vida na qual somos enxertado para também possuir a vida em plenitude.

Jornal Folha Andradense
23/12/1998.




terça-feira, 29 de novembro de 2011

Paulistana sonhadora de Victor Alexandre e Love is blue/Paul Mauriat

PAULISTANA SONHADORA

Ela, a jovem senhora
É linda e arrumada
E é muito elegante
Na vida é sonhadora
Sonha ser muito amada
Por um esposo amante.

Mas o tempo vai passando
Felicidade demorando
Ás vezes até desanima!
No entanto a fé dela
É grande e muito forte
E com um pouco de sorte
O grande amor virá a ela.

Sendo ela professora
Como tal, inteligente
Ela espera com carinho
Que chegue aquela hora.
Muito breve, ela sente
Amor vindo de mansinho.

Ela se apaixonará
Pelo seu eterno amor
É o que o futuro prediz.
A Cilene se casará
Seu amor correspondido
Tempo não será perdido
Para sempre será feliz.

Sua fé realizada
Graças a Deus ela dará.
E na vida sublimada
Por Ele abençoada será!

Victor Alexandre(meu amigo querido)
Rio de Janeiro- 29/11/2011


                                         
                                     Que saudades da minha infancia...
                           

Viva para amar e Elvis Presley - tradução - How do I Live Without You...♥

VIVA PARA AMAR

É  triste a vida sem amor
É triste viver em solidão
Não tendo amor para dar
E sem receber amor ficar
Vida sem amor não é vida
E a gente se sente perdida
Pois as penas do coração
Nos causam tristeza, dor.

 Gente vive, mas não ama.
Não deixa que o coração
Se abra ao amor, a chama
Que anima a nossa vida.
Estamos vendo em redor
Gente que parece perdida
Não têm mais alegria não.
Mas não está longe o amor
Se buscar, por ele tateando.
Logo feliz estará amando.

Nesta vida amargurada
De corrida desenfreada
Para ter pão de cada dia
Pare, olhe, pense, medite
Oportunidade nunca evite
De amar e usufruir alegria
Viva o novo modo de vida
Viva mesmo para amar

Dê e receba muito amor
Se você souber amor dar
Terá muita alegria
Na vida evitará muita dor
E na sua vida cada dia
Estará vivendo pra amar!

Victor Alexandre (meu amigo querido)
Rio de Janeiro-29/11/2011


....é muito bom ter um amor na sua vida...
                          

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Pequena Biografia de Tiradentes ...por Alcilene Rodrigues

15ª aula


Quem é? 




 Joaquim José da Silva Xavier, cognominado Tiradentes, nasceu no sítio de Pombal, pertencente à vila de São João del Rei, a 12 de novembro de 1748.
 Foi vendedor ambulante, alferes da cavalaria e depois dentista, donde lhe veio o apelido Tiradentes.
  Indo ao Rio de Janeiro, Tiradentes entrou em contato com o dr. Jose Alvares Maciel, através do qual tomou conhecimento da renovação que ia pelo mundo e decidindo entrar numa revolta para a libertação da Pátria.
 Tiradentes resolveu unir-se a várias pessoas e organizar a Conspiração Mineira. Essa revolta devia se manifestar na época da derrama. Nas vésperas, Tiradentes partiu para o Rio de Janeiro, a fim de comprar armas e conseguiu ajuda de alguns batalhões. 
                                    
 Devido à traição de Joaquim Silvério dos Reis, Tiradentes foi preso, bem como outros inconfidentes.                                                         
Edifício da Cadeia Velha 

 Depois de três anos de prisão, Tiradentes foi enforcado no Rio de Janeiro a 21 de abril de 1792.

Palácio Pedro Ernesto - Suplício de Tiradentes

Seu corpo foi esquartejado e espalhado em Vila Rica. Sua cabeça foi exposta à entrada da cidade, sua casa foi arrasada, seus bens confiscados e seus descendentes declarados infames até a quarta geração.
Tiradentes é considerado o "Proto-Mártir da Independência" e o "Herói da Liberdade".

                                                         Monumento a Tiradentes
Responda:

1) Que circunstâncias as relações nas quais Tiradentes se envolveu por motivações individuais levaram-no a participar do movimento que ficou conhecido como Inconfidência Mineira ?

2) Por que ele foi considerado líder da revolta e condenado à morte ? 


3) Que Joaquim José ganhou o apelido de Tiradentes por ter exercido a profissão de dentista, é difícil não saber. Mas ele exerceu outros ofícios durante a vida. Quais?

I. Foi militar, alcançando o posto de alferes no Regimento da Cavalaria de Minas.
II. Trabalhou ocasionalmente como médico.
III. Foi minerador.
IV. Entendia de mineralogia e, estudando sobre o solo e o sistema fluvial da cidade do Rio de Janeiro, elaborou uma série de projetos para o abastecimento de água local
                     
                                                              Escola Municipal Tiradentes




Obs: Dia do feriado de Tiradentes  é em homenagem a uma “herói” chamado José da Silva Xavier e ele era chamado de Tiradentes por causa da sua profissão, então após a sua morte por esquartejamento ele ficou muito mais conhecido e para homenageá-lo criou-se esse feriado na data de seu falecimento, então o feriado é nacional, ou seja, é valido em todo o território brasileiro e não somente em algumas cidades.  E esse feriado sempre foi comemorado no dia 21 de abril dia de Tiradentes.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Inconfidência, Conjuração ou Conspiração Mineira...por Alcilene Rodrigues

14ª aula

Inconfidência, Conjuração ou Conspiração Mineira- 1789
Século XVII      

      

                               
       Com a descoberta das minas começou a indústria de mineração e os impostos sobre o ouro. Os mineiros estavam atrasados no pagamento dos impostos
       A conspiração mineira manisfestou-se em Minas Gerais, em 1789, na cidade de Vila Rica, hoje Ouro Preto. O que influi na idéia de liberdade, foi o fato de os Estados Unidos da América do Norte se haverem tornado independentes do governo da Inglaterra.
       Tomaram parte nessa revolta tomas Antonio Gonzaga, Alvarenga Peixoto, Jose Alvares Maciel, Joaquim Jose da Silva Xavier, padre Rolim, Claudio Manuel da Costa (em cuja casa os inconfidentes se reuniram) etc.
       Essa Conspiração foi conhecida com o nome :  Conjuração Mineira, Conspiração Mineira e Inconfidência Mineira. Tinha por fim proclamar a república, fundar uma Universidade em Minas Gerais, abolir a escravatura, abrir escolas, fundar fabricas e mudar a capital do Brasil para São João Del Rei.
   A bandeira dos inconfidentes era branca com um triangulo verde, teria como emblema o simbolo da Santíssima Trindade com os dizeres : " Liberdade ainda que tardia", escritos em latim.

  Essa revolta devia se manifestar na época da cobrança dos impostos atrasados (derrama).Era governador de Minas Gerais o visconde de Barbacena.
      Joaquim Silvério dos Reis denunciou os planos dos conspiradores ao visconde de Barbacena e este ao vice-rei do Brasil Dom Luis de Vasconcelos.
    Os conspiradores foram presos. Tiradentes foi preso no Rio de Janeiro, na rua dos Latoeiros, hoje Gonçalves Dias.
     A rainha de Portugal Dona Maria I, mudou a pena de morte a que os conspiradores haviam sido condenados, para a de degredo perpetuo na Africa.
   Tiradentes, porém, condenado pelos juízes, foi enforcado a 21 de abril de 1792 no Rio de Janeiro. no antigo Campo de Lampadosa, onde hoje é a escola Tiradentes.
     Claudio Manuel da Costa enforcou-se na prisão de Vila Rica, hoje Ouro Preto.
   Tomaz Antonio Gonzaga era poeta e desembargador em Minas Gerais. Eram  também poetas Alvarenga Peixoto e Claudio Manuel da Costa.

                                                             Tiradentes
       
Questões:

1- A partir dessa leitura e considerando-se outros conhecimentos sobre o assunto, é CORRETO afirmar que os Inconfidentes Mineiros de 1789:
  • 2- Faça uma pequena descrição expondo as insatisfações dos mineiros para com a administração colonial, no final do século XVIII.
  • 3- Produza um pequeno texto fornecendo as características gerais do grupo social que alimentou os anseios de revolta que marcam a organização da Inconfidência Mineira
  • 4-Estipule quais eram as principais reivindicações dos participantes da Inconfidência Mineira.


  • 5-Por qual razão alguns historiadores apontam que a Inconfidência Mineira era um movimento rebelde de caráter elitista?
  • 6- Após a descoberta do plano dos insurgentes, quais foram as medidas tomadas pela Coroa Portuguesa? 

sábado, 12 de novembro de 2011

Sonho com você todos os dias e Elvis Presley- tradução - And I Love You So - e eu te amo tanto...

Sonho com você todos os dias.

Eu sonho com você todos os dias,
Sonho com você mesmo acordado.
Você vai completar minha alegria,
Sonho em ter você do meu lado...
Fico imaginando você,
Fazendo parte do meu mundo.
E em todo instante ter,
O teu amor, a toda hora, minuto e segundo...
Sonho quando estou dormindo,
E em meus sonhos, a tua imagem aparece.
E o teu rosto meigo sorrindo,
Imagem linda !... que minha mente jamais esquece...
Acordado tambem sonho,
Parece que estou te vendo.
Um rosto lindo risonho,
Um amor que cresce e estou querendo...
Sonho com você todos os dias,
A toda hora e instante.
Vem fazer minha alegria,
Vem ser, a minha amada, minha amante..


Autor: Odias Pereira
São José dos Campos - SP

12/11/2011





     Essa música é linda...é minha e do meu amore...humm
                   

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Animais ...por Alcilene Rodrigues

Os animais classificam-se em dois grupos: vertebrados e invertebrados.
Os animais vertebrados dividem-se em cinco ordens: mamíferos, aves, répteis, anfíbios e peixes.
Animais vertebrados são os que possuem coluna vertebral e vértebras.Ex: boi, gato,cão,vaca e etc.

Animais invertebrados são os que não tem coluna vertebral e vértebras. Ex: insetos, vermes, etc.



Mamíferos são animais que mamam quando pequenos, tem corpo coberto de pelos, sangue quente, boca servida de dentes e respiram por pulmões. Ex: boi, cão, gato e etc.



Aves são animais que tem o corpo coberto de penas, tem bico, asas, respiram por pulmões, não tem ouvidos e são ovíparos. Ex: passaro, peru e etc.


Répteis são animais com membros muito curtos ou sem membros e que rastejam. Alguns segregam venenos violentissímos. Ex: cobras, jacarés,etc.



Anfíbios são animais que passam por um conjunto de transformações chamadas metamorfoses. Vivem aos saltos na terra e na água. São os sapos e as rãs.




Peixes são animais de corpo coberto de escamas que respiram por guelras e vivem nas águas.


segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Engenho...a fábrica do açúcar...por Alcilene Rodrigues

13º aula

      Voce já sabe que o açúcar nos séculos 16 e 17 era produzido nos engenhos. Que era engenho?
      A rigor era uma fábrica composta de:
  • uma moenda - mecanismo que triturava (móia) as canas.
  • grandes tachos de cobre - destinados a ferver o caldo de cana. A água evapora, deixando o açucar.
  • caixas para armazenamento do produto a ser exportado.
      É lógico que o açucar, então, não tinha a qualidade do de hoje. Não era refinado. De cor escura e grosseiro. Mas valia muito dinheiro.
       Para abastecer a moenda precisava plantar muita cana.
      O canavial se espalhava por centenas, milhares de hectares ao redor das instalações industriais ( o engenho).

Mão-de-obra escrava

      Muito cedo, antes do nascer do Sol, os feitores acordavam os negros nas senzalas e os levavam ao trabalho.
      Plantavam, limpavam, cortavam, empelhavam as canas nos carros-de- bois que as transportavam para as moendas.

O negro foi escravizado porque:
  • o portugueses eram numericamente insuficientes para tocar a lavoura como colonos.
  • os índios, além de rebeldes, não se ajustavam ao trabalho agrícola
  • os africanos conheciam a agricultura, eram fortes e se adaptavam bem ao clima, semelhante ao de sua terra natal.



Quem movia os engenhos ?
        A força para mover as moendas era de dois tipos:
  • animal (bois ou burros). Até mesmo a força humana era empregada, embora em pequena escala.
  • hidráulica - na propriedades onde havia encachoeirados, a água movimentava a roda-mestra da moenda.
       Nos primeiro primeiros tempos, todas as peças de engenho eram feitas de madeira. Mais tarde, passaram a ser contruídas de ferro e bronze.

Engenho ficou sendo tudo
       A príncipio, engenho eram só as instalações industriais (moendas, tachos, etc.)
       Com o tempo, porém, a palavra passou a significar toda a propriedade rural.
       Canaviais, máquinas, habitações, todo o conjunto era o engenho.
       O engenho açucareiro foi a mais importante indústria do Brasil colonial.

Um mundo à parte
       O engenho era um mundo à parte. Nele vivia uma comunidade humana quase isolada, formada pelo poderoso senhor de engenho, sua família, os agregados e os escravos.
       A população do engenho se distribuia em habitações típicas:
  • a casa-grande - do senhor de engenho e seus familiares
  • a capela- onde se reuniam todos para as celebrações religiosas dominicais ou dos dias santificados.
  • a senzala - pobres casas onde se alojavam os escravos.
O nordeste adoça Portugal e seus sócios
         Os objetivos portugueses de transformar o Nordeste brasileiro em uma doce mina de ouro foram atingidos.
        Durante mais de meio século o Brasil foi o maior produtor mundial de açucar.
  • todo o açucar brasileiro era de Portugal. Dos Portos nordestinos seguiam rumo a Lisboa.
  • de Lisboa o açucar era distribuido aos sócios capitalistas dos portugueses. A maior parte era enviada ao porto de Amsterdã. Dali os horlandeses (flamengos) o redistribuiam para o resto da Europa.
O Eixo Economico- Amsterdã-Lisboa-Nordeste
      Graças às ligações entre os capitalistas europeus, os donatários das capitanias e os senhores de engenho nordestinos, foi possível a expansão da agroindustria açucareira nos séculos 16 e 17.
       A economia açucareira foi a maior (e quase a única) fonte de riqueza do começo da vida brasileira.
       Ajudou a povoar o litoral, criou cidades, desenvolveu uma grande riqueza.
       Infelizmente exigiu a devastação da mata atlântica nordestina, para a plantação dos canaviais.
      Isso gerou um desequilíbrio da natureza que até hoje gera consequencias prejudiciais à vida do nordestino:
  • alteração da fauna (desaparecimento de muitas espécies animais)
  • modificação da flora
  • influência na formação de rios temporários.
  • enfraquecimento do solo pela erosão.


Vocabulário:
Hectare - área de 10 mil metros quadrados.
Feitores - fiscais de negros escravos.
Comunidade - conjunto formado por pessoas que convivem e participam de uma atividade.

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Solução para o dever de casa dos filhos.

Conselho de um ex-professor aos pais
  • Seja um aprendiz -modelo. Se seus filhos veem voce lendo jornais, revistas ou livros ficarão mais motivados a aprender. Conheço uma família que prega um artigo na geladeira e faz dele o assunto da conversa durante o jantar.
  • Pergunte com antecedência o que precisa ser feito, e verifique as tarefas depois de concluidas. Isso mostra que voce espera que eles façam o trabalho e o considera importante o suficiente para ser analisado.
  • Coloque-se como um guia ao lado deles, e não como um sábio num pedestal. Por exemplo, peça-lhes que leiam o trabalho em voz alta em vez de pegar uma caneta para corrigi-lo.
  • Se voce esta preocupado com a sobrecarga ou atraso de seu filho, converse com o professor sobre isso em vez de fazer os trabalhos voce mesmo.

                                                              Revista Seleções, julho/2007




sábado, 24 de setembro de 2011

Pontos Cardeais e Colaterais...por Alcilene Rodrigues

       Os pontos cardeais correspondem as extremidades do eixo da terra e o lugar em que o sol nasce e desaparece no horizonte.

        São quatro:
  1. Norte indicando o poló Norte
  2. Sul indicando o poló Sul
  3. Leste, que corresponde à direçãoem que o Sol nasce no horizonte, também chamado  Nascente   - Levante  - Oriente.
  4. Oeste, assinalando a direção em que diáriamente o sol desaparece no horizonte, também chamado Poente- Ocidente - Ocaso
                                          Pontos Cardeais- Colaterais
            


       Entre os pontos Cardeais encontram-se os pontos Colaterais:
  • O Nordeste, entre o norte e o leste
  • O Sudeste, entre o sul e o leste
  • O Sudoeste, entre o sul e o oeste
  • e O Noroeste, entre o norte e o oeste
        A determinação das direções dos pontos cardeais de um lugar qualquer chama-se orientação.


                                                           Orientação

       Vários são os processos adotados que nos permite achar facilmente os pontos Cardeais. Assim:
        1º) se dermos a nossa direita para a direção em que o Sol , ali teremos o leste, à nossa frente, esterá a norte, à esquerda, o oeste e, às costas, o sul.
        2º) durante a noite poderemos tomar como ponto de referência, o braço maior da constelação do Cruzeiro do Sul, cujo prolongamento indica o Sul, no lado oposto, teremos o Norte, à direita o Oeste e, à esquerda , o Leste.
        3º) a bússola é um instrumento apropriado para determinarmos com exatidão os pontos cardeais e colaterais, constitu-se , essencialmente, de uma agulha de ferro imantada, móvel, apontando sempre para o norte.

Bussola


         A reunião dos pontos Cardeais, Colaterais e Sub-colaterais chama-se Rosa dos Ventos.



                                                     Rosa dos ventos

domingo, 11 de setembro de 2011

Livros e editoria na Antiga Roma...por Alcilene Rodrigues

        A escrita faz parte da Revolução Neurítica, ela modificou as formas de convivência humana. A escrita nasce de exigências muito práticas, as primeiras escritas são representação dos objetos, como exemplo o desenho de 38 ovelhas, tem que ter um desenho para cada conceito.
         Quando as sociedades tornam-se mais complexas, surgem as sociedades palaciais que são o centro de uma organização. Saber ler e escrever é poder para controlar essas sociedades complexas e crescentes, poucos são os que tem acesso a educação da escrita. Exemplo: os sacerdotes tinham maior acesso.
          As primeiras escritas surgem na Mesopotâmia: Sumérica arcaica, Sumérica recente, Accadia Babilonense, Persiana cuneiforme e perpesolitana, Neolasmita suslana, Armênia cuneiforme e tractania.
          Egito: Merotiche, kushite, lapidária e mamule. Fisiografia, itita, Arcaica di Bibbo, Paleosnática, Cretese di festo, Protofenicia.
           Posteriormente a escrita começa a aparecer na: Grécia, Itália, Ìndia, Creta, Mediterrâneo.

            As primeiras escritas eram escritas (suportes) em:
  • arranhadas
  • casca de arvores
  • argila
  • ostragas em pedaços para escritas
  • pedras, bronze, materiasis para textos expostos
  • papiro, bergaminho, panos, trapos
  • tabuas de madeira cobertas com cera.

 Em Roma a escrita foi importante nas três fases:
  1. República
  2. Império
  3. Antiguidade Tardia
Tipos de escritas nessas fases:
  • Corsina minuscola
  • Capitale, mais caprichado.
  • Cursine romaine ancienne, mais rápido.
  • Cursine romaine recente
  • Insulare putativa

Acesso do público ao livro:

      Com a decadência da forma grega, os romanos desenvolveram rapidamente o acesso ao livros, os novos  ricos de Roma queriam ler e escrever em latim, todas as formas de retórica derivam do grego e passam a latinizar( passar para o latim). Cícero  e Tacito escrevem em latim.
        A cristiandade adotava a forma de código, mais que bergaminho e papiro. O código retoma as formas das tabuas que já existiam, as obras de Quintiliano são publicadas assim.
        A maioria das prosas são ditadas. Plinio o jovem, descreve sua própria vida, mudava as frases e escolhia suas frases, às vezes ele anotava, levava sempre tabuinhas, trata-se de anotações, rascunhos, selecionava o texto e ditava o texto, os trechos eram transcritos nas formas convencionais.Após a redação , o texto era revisado e após distribuido. As mulheres trabalham como copistas, (a mulher tinha um espaço privado na liberdade) sempre esquecidas.

Fase da produção do texto e livro:
       Na antiguidade tardia foi seu auge devido a produção de rolos. A leitura era livre, como aprender a escrever era desenhando as letras, processo lento, ou aprender em voz alta, de aprendizagem contínua. A voz tinha que ser exercitada como cantar.

O texto latino como forma de comunicação:
     A partir do imperador Tibério vai haver uma censura mais rígida, que não agradara.Os livros são queimados e autores presos e exilados.
      A biblioteca pública passa a  ter finalidade de censura e a eliminação de uma pratileira significava a morte.
      Os simpósios eram com comes e bebes e leitura de livros.
      A primeira circulação é feita pelos autores da época.

Tradição popular e erudita:
  • palhator
  • togator
  • tabernaria
  • trobesta
  • praetexto
  • cothwrnata
  O que se contava em Roma:
        As histórias infantis tinham uma ideologia por tras delas, uma ideologia da época. Brutus o tolo, a tolice se apresenta ao oráculo com oferendas, e Brutus o tolo leva um bastão com ouro dentro, mais um disfarce, folclore.
       Cultura popular tudo que se dá ao povo baixo ( fisiológico irracional): comer, sexo.
       Petronio, utiliza personagens do cotidiano, identificação das personagens, o conto em si é popular, que é mais realista e mais refinado. Exemplo: Dom Quixote o texto é eterno mas o leitor não é.
        O latim é uma lingua parada, morta, não se criam mais palavras em latim estaciona-se no tempo.
       No primeiro e terceiro séculos escrever é para as classes baixas, escravos, os intectuais só ditam. Existe uma diferença entre segmentos sociais.
     Escrever hoje é mais atencioso, precisa de uma organização, escrevesse o texto num momento depois revisiona  em outro momento.
    Com o aparecimento do teatro o ator tem uma area maior, voz postura dando um colorido a escrita.O autor da uma coordenação escrita-oral, de quem dá as ordens, a idéia é recuperar o público.
     Na comédia para provocar risos, reverte os papéis. Aristóteles, escreve que as mulheres mandam para a época é rídiculo.
     Plauto tem as mesmas idéias entre vários segmentos sociais, as comédias eram apresentadas em festividades, para todas as pessoas, servos senhores, etc.

Os textos na escola eram para:
  • educação
  • libri ad filium; transmissão doméstica do saber
  • ludi magister e grammaticus

     A educação básica era para meninos e meninas, aprenderem a ler e a escrever, depois somente os meninos seguiam os estudos posteriores.
      A idéia era a capacidade de articular politicamente através da educação, envolver nas palavras, convencer, a função ideologica de controle a uma classe dominante. A familia plebe era aquela fora da nobreza , mas possuia dinheiro suficiente para a educação de seus filhos.
     Plutaco mestre da gramática e de direito, nunca abriu mão da educação intelectual, só da física. Ele mesmo cuidava da educação do seu filho. Se tivesse outro tipo de criança o seus escravos ocupavam da educação.
      O príncipe Augusto pregava a tradição, as mulheres deveriam voltar aos seus deveres de antigamente, recuperar os costumes romano.
       Surgem o Centro por Excelência, que são da elite para sair formados os futuros dominantes de Roma, geralmente quem não tinha boa educação não conseguia entar nesse Centro.
       Considerado o maior poeta da Roma Antiga,Virgilio, que viveu entre os anos 70 e 19 a.C, compôs Eneida poema épico de carater religioso mitológico, durante 11 anos da sua vida. Moldada como Iliada e a Odisséia do poeta grego Homero, foi a primeira obra-prima do estilo épico. Númerosos escritores posteriores a tomaram como modelo, tanto nos temas como nas técnicas, e renderam-lhe homenagem em seus textos e desenhos. Esta pintura de 1469 representa o autor escrevendo o poema geórgicas (36-29a.C) diante da estatua da deusa grega Artemis.
        

               A bíblia sagrada o livro mais editado no mundo

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Bizâncio negócios e saber na Idade Média...../ Khaled - El Arbi - tradução.

Voce sabia....

       Entre os séculos IX e XII, Constantinopla foi o maior centro cultural, artístico e comercial do mundo. As sedas e especiarias, cobiçadas em toda a Europa, abundavam os mercados da cidade. As igrejas da capital bizantina impressionavam os viajantes com seus mosaicos. Nas faculdades e mosteiros, os classicos gregos eram copiados em manuscritos que serviam de base para todas as edições modernas de Platão, Homero, Aristoteles e muitos outros. Como não se bastasse, Constantinopla queria também a primazia no campo religioso. A disputa entre o patriarca do Oriente e o papa de Roma levou à primeira ruptura na história do cristianismo e a fundação da igreja Ortodoxa. A vingança dos católicos seria terrível: em 1204 os cavaleiros da Quarta Cruzada saquearam Bizâncio pondo fim a quatro séculos de esplendor.
                                          Império Bizantino
                                        


  Khaled é um arábe muito simpático e faz sucesso no mundo todo por causa dessa música e eu adoro...uma graça.   
El Arbi (tradução)
Letra:
Eu sou o árabe, filho do bosque e do faisão,
Eu sou o árabe, filho da camela e do camelo,
Eu sou o árabe, filho do deserto e da areia

Sem flores, sem felicidade,
a mulher que eu amava me deixou...
Na música da noite encontro o consolo
A luz da lua me faz companhia...
Eu sou o árabe, filho do bosque e do faisão
Eu sou o árabe...


quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Astros - Estrelas e Constelações - O Sol e os planetas - A lua...por profª.Alcilene Rodrigues


        O universo é o espaço infinitamente grande, ocupado por milhões de corpos denominados astros.
        Os astros podem ser: luminosos, quando tem luz própria; iluminados, quando são opacos e recebem luz de um astro luminoso.
       As estrelas são astros luminosos, que apresentam um brilho, todo especial, muito vivo e cintilante. Elas parecem pequeninas porque se encontram a enormes distancias de nós.
        Dá-se o nome de constelações, aos grupos de estrelas que parecem estar mais próximas uma das outras. Distinguem-se muitas constelações no céu brasileiro, no entanto, a mais conhecida é a do Cruzeiro do Sul, que possui cinco estrelas bem visiveis, em forma de cruz. A mais brilhante delas, a estrela de Magalhães. Esta constelação foi incluida na bandeira nacional.
          O Sol, que nos ilumina e aquece, é uma estrela de quinta grandeza; seu tamanho se explica pelo fato  de ser ele a estrela que mais próxima de nós se acha. Girando em torno do sol, estão 9 astros iluminados, que se denominam Planetas.Por esse motivo, o Sol é o centro do sistema planetário.
           Os planetas que giram em torno do Sol, são, em ordem de afastamento: Mercúrio, Venus, Terra (onde vivemos), Marte, Jupiter, Saturno, Urano, Netuno e Plutão. O menor e mais próximo do Sol é Mercúrio. O mais brilhante, é Venus, conhecido com o nome de Estrela D'Alva ou Vesper. O mais próximo da terra é Marte. O que possui anéis luminosos é Saturno. O maior de todos é Jupiter e o mais afastado do Sol é Plutão.
           Muitos destes planetas tem, a girar em torno deles, outros astros opacos; os satélites. É o caso da Lua em relação à Terra, e de Fobos e Deimos  que giram em torno de Marte.
            Todos esses astros iluminados, que recebem luz e calor do Sol e o acompanham através do espaço celeste, formando por assim dizer, uma família, constituem o SISTEMA SOLAR. Além dos planetas fazem  parte do sistema solar, certos astros de constituição muito especial: os Cometas. Em geral apresentam um nucleo luminoso, a cabeleira e a cauda, que é o rastro luminoso, como se fosse um foguete. Giram em torno do Sol como planetas, mas com órbitas muito alongadas. A ciência ainda não possui elementos para dizer se são astros luminosos ou não. A Lua é o satélite da Terra, sendo 49 vezes menor do que ela.
            As diferentes posições que a Lua ocupa em relação ao Sol, que a ilumina, fazem que ela se apresente aos nossos olhos, com aspectos diferentes: toda iluminada (lua cheia), metade iluminada(quarto crescente e quarto minguante) e praticamente invisível (lua nova). São estas , as fases da Lua.
           Constelações são grupos de estrelas. Quase sempre recebem nomes de animais, seres da mitologia ou da história. Há as constelações:Ursa- Maior, Menor, Carneiro, Touro, Leão, Cruzeiro do Sul, Navio, Orion, Baleia, Lira, Centauro, etc.
           Nebulosas são manchas esbranquiçadas que se observam no céu , nas noites claras. A mais conhecida dentre as nebulosas é a Via- Láctea.

                                           Satélite artificial criado pelo homem.

Via-Láctea


                                           O sistema solar